Digite a palavra-chave

A busca é efetuada em todas as páginas do site e abrange todo o seu conteúdo.
Página principal




ARTIGOS



BACALHAU

O bacalhau era pescado pelos ingleses na Islândia durante o século XV. Servia para consumo a bordo dos navios ou para abastecimento das populações do interior, impedidas de comer carne nos dias de jejum ou abstinência impostos pela norma cristã. Esses dias chegavam a quase 150 por ano (´Oceanos´. Lisboa: CNCDP, n. 45, jan./mar. 2001).

A pesca era o alimento básico dos europeus nos séculos XV e XVI. O bacalhau, por suas características, podia ser conservado por algum tempo. Os ingleses secavam-no a bordo mediante exposição ao ar gelado dos mares do norte; se fosse salgado antes da secagem, a sua conservação era muito mais fácil e o sabor melhor. Portugal tinha bom sal e exportava para o resto da Europa (id.).

Em 1478, após o fechamento aos estrangeiros dos bancos pesqueiros da Islândia pelas autoridades dinamarquesas, Portugal, contando com uma marinha poderosa, tomou a dianteira e organizou as primeiras expedições às terras do bacalhau (id.).

Bancos de pesca tão grandes no Atlântico Norte impediam os barcos de avançar, assinalavam as notícias sobre as viagens dos navegadores portugueses Labrador e Corte Leal (id.).

Descoberta pelos europeus em 1501/1502, Terra Nova, ilha localizada no Atlântico Noroeste, era atração para os portugueses não pela terra firme, mas pelos mares circundantes, riquíssimos pesqueiros de bacalhau (id.).

O bacalhau começou a adquirir importância na dieta alimentar dos portugueses. Já em 1506 o volume de negócios motivou o rei d. Manuel a mandar cobrar o dízimo nos portos sobre o pescado de bacalhau proveniente da Terra Nova.

Mas logo a partir dos anos 1580 os barcos pesqueiros portugueses vão perdendo acesso à ´Terra Nova dos bacalhaos´, substituídos por franceses, holandeses e ingleses. Com lugar de destaque na cultura gastronômica portuguesa, o bacalhau passou a ser importado. Na passagem do século XIX para o século XX os navios portugueses regressam aos bancos da Terra Nova (id.).

O princípio do fim das grandes frotas de pesca distante, quer do bacalhau nos tradicionais pesqueiros do Atlântico Noroeste e do Ártico, quer da pesca e de outras espécies de peixe ao longo da costa ocidental africana, ocorre quando Portugal adere ao conceito de ´zona econômica exclusiva´ defendido pelas Nações Unidas, na forma da III Conferência do Direito do Mar entre 1973 e 1982 (id.).

O hábito brasileiro de saborear bacalhau é herança da colonização portuguesa. A chegada da corte portuguesa e dos comerciantes lusos no início do século XIX difundiu e impulsionou o consumo de bacalhau entre a população. O Brasil começou a importar o bacalhau da Noruega em 1843. Hoje cerca de 95% do bacalhau consumido pelos brasileiros é originário da Noruega (Disponível: . Acesso em: 08 jul. 2006).

O bacalhau verdadeiro é largo e alto, com lombos bem grossos.